Make your own free website on Tripod.com

Palestra CREUPI

Ecoturismo




Impactos
Positivos X Negativos
ao Meio Ambiente









Definições de Ecoturismo



De acordo com a Embratur, "... é um segmento da atividade turística que utiliza de forma sustentável o patrimônio natural e cultural, incentiva sua conservação e busca a formação de uma consciência ambientalista através da interpretação do ambiente, promovendo o bem-estar das populações."


A organização The Ecotourism Society, considerada uma referência internacional na discussão sobre o ecoturismo, identifica-o como ... a viagem responsável a áreas naturais, visando preservar o meio ambiente e promover o bem-estar da população local.






Já representantes do mercado do ecoturismo indica e interpreta como "... toda atividade turística realizada em área natural com o objetivo de observação e conhecimento da flora, fauna e aspectos cénicos (com ou sem o sentido de aventura); prática de esportes e realização de pesquisas científicas".

Agenda 21 e Desenvolvimento Sustentável
È um documento de ação, elaborado especialmente para preparar nosso planeta para o século 21 pormeio do Desenvolvimento sustentável. É um dos maisimportantes documentos da Rio-92, assinado por 179Chefes de Estado e tem 40 capítulos


Definição:
Promover um novo padrão de desenvolvimento conciliando métodos de proteção ambiental, justiça social e eficiênciaeconômica .


O Brasil começou a elaborar a sua própria agenda em 1997através de uma Comissão de Desenvolvimento Sustentávelligada a Presidência da Republica.


Propostas da Agenda 21

- Educação Ambiental - Implementar campanhas e ações práticas para conscientizar a população e entidades comunitárias visando as mudanças de comportamentos e hábitos para a melhoria de qualidade ambiental; - Capacitar o corpo técnico municipal para o entendimento da questão ambiental, seus vários aspectos e interfaces com as ações cotidianas na administração municipal,


Propostas da Agenda 21

Uso e Ocupação do Solo
- Criação da Comissão Gestora para Áreas de Proteção e Recuperação de Mananciais; - Fiscalizar de forma enérgica o parcelamento do solo, com ênfase na zona rural, de acordo as diretrizes legais já existentes; -Rever o sistema de transporte e tráfego urbano incorporando os meios de transporte alternativos, como as bicicletas, e o uso de combustíveis menos poluentes;
-Utilizar no asfaltamento viário materiais permeáveis, evitando a total impermeabilização das áreas.


- Áreas Verdes -Elaborar um plano de arborização urbana e definição de novas
diretrizes para substituição das espécies inadequadas;
-Incrementar as Áreas Verdes para atingir o índice de 16,0 m2 por habitante, dando concessão dessas áreas ao setor privado e comunidades locais reduzindo o ônus do poder público; - Realizar o levantamento de todas as árvores centenárias
Existentes na área rural visando preservação como PlantasMatrizes e seu tombamento; - Incrementar o Viveiro Municipal com a produção de Mudas de
arborização urbana e recomposição de matas ciliares ereflorestamento da área rural


- Resíduos Sólidos - Fomentar ações para reduzir os resíduos descartados, estimulando a comercialização dos materiais recicláveis,Geração XXI e Tecnologias Limpas, possibilitando a geração de renda para população carente; - Ampliar a coleta seletiva dos resíduos gerados nas residências, assim como, incentivar a implantação de uma Bolsa de Resíduos para os setores comerciais e industriais;
- Implantar e divulgar o Programa de Tríplice Lavagem e destino final das embalagens agrotóxicos, apoiado na coleta destas embalagens na área rural, em parcerias com os produtores.

Diretrizes de uma política Federal de Ecoturismo

A Industria do turismo é a que mais cresce no mundo, 4 a 5 %
ao ano, dentro dela o segmento Ecoturismo é o campeão, isso se
deve ao recente interesse pela população por questões ambientais,
ou simplesmente pelo stress que as pessoas são submetidas, nas
grandes cidades.
O Crescimento dessa atividade em praticamente todas as
regiões do pais criou a necessidade de definição de certos
princípios na implementação de projetos ecoturístico, visando
conciliar a conservação dos recursos naturais, do patrimônio
histórico e cultural e de modos de vida e culturas peculiares, com
as soluções econômicas para cada região.


Uso Sustentável dos recursos naturais.
Manutenção da diversidade biológica e cultural.
Integração do turismo no planejamento.
Suporte as economias locais.
Envolvimento das comunidades locais.
Capacitação de mão de obra.
Marketing turístico responsável.
Redução do consumo supérfluo e desperdício.
Desenvolvimento de pesquisa.


Possibilidades e impactos do ecoturismo

O Ecoturismo como qualquer outra atividade econômica, pode
produzir impactos, benéficos ou negativos ao meio ambiente,
mas esses impactos são decorrentes do modo como se Planeja,
Implanta e Monitora.



De maneira geral é possível apontar-se como Impactos
positivos das atividades do ecoturismo:

· Geração de emprego, renda e estímulo ao desenvolvimento econômico em vários níveis (local, regional, estadual, nacional);· Possibilidade de melhoria de equipamentos urbanos e de infra-estrutura (viária, sanitária, médica, de abastecimento e de comunicações);· Ampliação dos investimentos voltados à conservação de áreas naturais e bens culturais;· Fixação das populações locais ;· Sensibilização de turistas e moradores locais para a proteção
do ambiente, do patrimônio histórico e de valores culturais;

·Fomento a outras atividades econômicas potencialmente sustentáveis, como o manejo de plantas medicinais, ornamentais;·Melhoria do nível sociocultural das populações locais;·Estímulo à comercialização de produtos locais de qualidade;·Intercâmbio de idéias, costumes e estilos de vida.

Por outro lado, o ecoturismo também pode produzir, como
impactos negativos:


· Incremento do consumo de recursos naturais, podendo levar ao seu esgotamento;·Consumo do solo e transformação negativa da paisagem pela implantação de construções e infra-estrutura;·Aumento da produção de lixo e resíduos sólidos e efluentes líquidos;·Alteração de ecossistemas naturais devido à introdução de espécies exóticas de animais e plantas;·Estímulo ao consumo de souvenires produzidos a partir de elementos naturais escassos;·Perda de valores tradicionais em conseqüência da homogeneização das culturas;



impactos negativos:

· Aumento do custo de vida, supervalorização dos bens imobiliários e conseqüente perda da propriedade de terras, habitações e meios produção por parte das populações locais;
· Geração de fluxos migratórios para áreas de concentração Turística;
· Adensamentos urbanos não planejados e favelização.


No caso específico de seu desenvolvimento em UCs, o ecoturismo pode gerar, como benefícios:

· sustentação econômica da UC;
· integração da UC com as populações locais;
· circulação de informações sobre o meio ambiente;
· aumento da oferta de atividades de lazer e recreação;
· ampliação da capacidade de fiscalização;
· controle sobre grupos organizados;
· divulgação da UC.

Porém, da mesma forma como seu desenvolvimento em áreas não protegidas, o ecoturismo pode produzir nas UCs alguns impactos negativos:
· pisoteamento, erosão e abertura de atalhos em trilhas;· depredação da infra-estrutura e de atrativos e elementos naturais;· stress e desaparecimento da fauna em razão da presença humana (provocados pelo barulho, cheiro e cores estranhos ao ambiente);· aumento e/ou deposição inadequada do lixo;· necessidade de "sacrifício" de áreas para instalação de infra-estrutura; · aumento do risco de incêndios. Estas Diretrizes foram discutidas e formuladas visando otimizar os impactos positivos e minimizar aqueles negativos advindos das atividades do ecoturismo.

Objetivos, Estratégias e Açoes
·fortalecer a cooperação interinstitucional, tanto dentro como fora do âmbito governamental;
··possibilitar a participação efetiva de todos os segmentos envolvidos
·estimular a regulamentação das atividades do ecoturismo;
·promover a capacitação de recursos humanos para tais atividades;
··incentivar a criação e melhoria da infra-estrutura para o desenvolvimento do ecoturismo;
· promover o aproveitamento do ecoturismo como veículo de educação ambiental para turistas, comunidades e empreendedores.